acesso total por 6 meses
R$ 179,40

O que é o Clube de Leitura – PROF. MARCELLO

Por que Machado de Assis

A escolha de Machado de Assis para a abertura deste clube tem vários motivos. O mais óbvio de todos é o fato de Machado ser considerado, de maneira unânime, o maior escritor da história da literatura brasileira e um dos maiores da literatura universal. De origem humilde e mulato, em um país sob a vigência da escravidão, Machado de Assis chegou ao ápice do funcionalismo público, colaborou com os jornais e revistas mais importantes do seu tempo, escreveu poemas, crônicas, críticas literárias, peças de teatro, contos e romances e ainda foi um dos fundadores e primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras, que até hoje é conhecida também por Casa de Machado de Assis.

Outro motivo que me levou a escolher Machado foi o fato de a sua obra estar em domínio público. Até setenta anos após a morte de um autor, a publicação de uma obra literária está sujeita aos direitos autorais dos seus herdeiros ou sucessores. Como o escritor faleceu em 1908, sua obra está em domínio público e pode ser integralmente reproduzida, de acordo com a legislação vigente.

Por fim, a escolha se deve a mais um fato, talvez o mais essencial: em um país em que o hábito da leitura não é dos mais estimulados, sobretudo o da leitura dos clássicos, a maioria dos hoje adultos que tiveram contato com a obra de Machado de Assis o fizeram na adolescência, ainda em período escolar, um pouco a contragosto e certamente sem a maturidade e o conhecimento de mundo que, com certeza, ampliariam em muito a capacidade de desfrutar da obra do autor. Pouquíssima gente leu Machado de Assis adulto, por prazer, por cultura, por gosto. 

Lista de Contos

Você vai receber em PDF o texto integral de todos os contos de Machado de Assis trabalhados no Clube. Os contos serão acompanhados por notas explicativas acerca de vocábulos mais difíceis, localizações geográficas, eventos históricos e hábitos da época. 

Aula introdutória

Antes de iniciadas as leituras, haverá uma aula introdutória em que serão apresentadas, além de alguns dados biográficos, as principais características de Machado de Assis e da obra que ele produziu, sobretudo daquela que é chamada a “fase realista” da sua produção, inaugurada em 1881 com a escrita de “Memórias Póstumas de Brás Cubas”. Essa aula servirá para que, antes do começo da leitura da obra em si, o participante do Clube possa se familiarizar com a época em que Machado de Assis produziu a sua obra e as razões pelas quais ele é um marco divisor de águas na Literatura Brasileira e na construção da Língua Portuguesa.

Atividade pós-leitura

Depois das leituras do mês, teremos uma aula com as ideias principais apresentadas pelos textos. Nela, serão abordados aspectos importantes de cada narrativa, com aprofundamento daquilo que é principal em cada uma e auxílio na compreensão do subtexto, ou seja, daquilo que perpassa a obra e passa muitas vezes despercebido em uma leitura mais rápida ou não orientada. Faremos, então, mais do que apenas um exercício de leitura, também um exercício de aprofundamento na capacidade de análise e interpretação textual.

Encontro / Bate-papo

Após as leituras do mês e as aulas sobre elas, vamos fazer um encontro ao vivo para sanar dúvidas, esclarecer tópicos e apresentar os nossos pontos de vista sobre as leituras. Será o nosso momento de interação.

Instagram do Clube

Haverá uma página exclusiva para a turma, com dicas, lembretes, informações adicionais e um espaço de interação entre pessoas que gostam de leitura.

Surpresas para os membros

Os membros do grupo serão brindados com atividades-surpresa durante o semestre, que incluem, naturalmente, as leituras e o debate acerca das leituras.

Por que fazer o Clube de Leitura

Por motivos diversos.

1º) Retomar o hábito da leitura, com algumas das melhores obras da Literatura chegando integralmente ao seu e-mail.

2º) “Re-conhecer” (com hífen, para marcar que é de fato conhecer de novo) Machado de Assis, que, para muita gente, é mais um nome ou um trecho de uma disciplina do que um autor.

3º) Estabelecer relação com mais pessoas que tenham o hábito da leitura e criar uma rede de contatos voltada à cultura.

4º) Estudar da melhor maneira possível (na prática e por meio de texto literário) a interpretação de texto, que inclui, muitas vezes, domínio do subtexto e do contexto. 

5º) Acostumar-se ao estudo, nesse caso de um texto e das suas mais amplas interpretações, como uma atividade de fruição, de prazer, de engrandecimento intelectual.

6º) Exercitar o cérebro e expandir a nossa visão de mundo, pois ler os grandes autores nada mais é do que vivenciar outras histórias, como fazemos tanto com o cinema e tão pouco com a literatura.

7º) Marcar o início de um trajeto ou a sequenciação de um trajeto de leitura.

Período:

De julho a dezembro de 2020.

Investimento:

179,40 em 6x de 29,90.